E-commerce na prática: 5 pontos que influenciam no sucesso de uma loja virtual

usuario comprando e-commerce

Com os consumidores cada vez mais presentes na internet, realizando compras com poucos toques na tela do smartphone, muitas lojas que estavam apenas no mundo físico perceberam que precisam focar também na web caso queiram sobreviver aos novos tempos tecnológicos.

O surgimento do mercado de e-commerce possibilitou que essas mesmas lojas pudessem expandir sua área de atuação, alcançar e conquistar novos públicos e, o mais importante, aumentar suas vendas pela internet, ganhando uma projeção nunca antes vista.

Contudo, ter uma loja virtual ativa na web exige uma série de cuidados que caso não sejam acompanhados de perto podem gerar muita dor de cabeça para o empresário ou empreendedor que deseja expandir seus negócios na rede e proporcionar a melhor experiência de compra possível para seus clientes.

Abaixo, listamos alguns dos principais pontos que influenciam diretamente no sucesso da sua loja de comércio eletrônico e adicionamos algumas informações de como trabalhá-los com sua equipe. Confira!

Escolha uma plataforma robusta e confiável

O primeiro passo para fazer uma migração tranquila para a web e começar a organizar seus produtos é procurar por uma plataforma de e-commerce que atenda às necessidades do seu negócio.

A plataforma escolhida deve facilitar a sua vida, fazendo com que todos os elementos relativos às vendas online (meios de pagamento, gestão de estoque e envio, entre outros) ocorram de forma tranquila e sem imprevistos.

Atualmente existem duas tecnologias que mais são usadas no mercado. A primeira é conhecida como SaaS (Software as a Service) e On-Premise. A diferença entre elas está na possibilidade de customização que cada uma oferece. O SaaS conta com a vantagem de exigir menos trabalho, já que a sua implementação costuma ser mais rápida e fácil.

Já o modelo On-Premise é instalado diretamente no servidor interno da empresa. A diferença evidente é o total controle de acesso, além da necessidade de manter a proteção de dados e informações sempre em dia. A plataforma On-Premise deve ser atualizada no servidor sempre que surgirem novas atualizações, o que não é necessário numa plataforma SaaS.

Trabalhe na criação de um layout responsivo

5 pontos que influenciam no sucesso de uma loja virtual

Para compras feitas pelo computador ou celular, existe um elemento comum que pode influenciar de forma positiva ou negativa a experiência de navegação do consumidor: o layout. Responsável por definir as cores, o tamanho da fonte e as fotos, o layout pode fazer a diferença quando o assunto é atrair visitantes para um e-commerce.

Para que a loja virtual seja agradável visualmente e cumpra a sua função de guiar o consumidor até o carrinho e finalização da compras, ela precisa seguir uma estrutura lógica que obedeça a uma prévia categorização de produtos (categorias, subcategorias), além de contar com uma barra de pesquisa configurada de modo que o termo digitado redirecione o usuário para o resultado desejado.

Outro ponto de igual importância é como o layout se comporta ao ser acessado por um smartphone ou computador. É essencial que a experiência de navegação de adapte a cada dispositivo, garantindo uma boa usabilidade e navegação.

Dedique algum tempo na apresentação dos produtos

A forma de organizar as categorias e produtos demonstra que o e-commerce se preocupa em transmitir uma imagem de profissionalismo para os visitantes. Portanto, tanto as fotos quanto a descrições dos itens à venda precisam estar sempre alinhados.

Enquanto a escolha por imagens nítidas e em alta resolução facilita a visualização dos produtos e preenche a ausência do produto físico, a apresentação dos ativos e de suas principais características (como peso, funcionalidade, tamanho, cor etc) em forma de texto permite um entendimento ainda mais completo do produto em questão.

Por último, organizar seus produtos dentro de níveis de categorias também é a forma mais comum de deixá-los corretamente dispostos na sua loja virtual, pois ajuda a dividir todo o ambiente online de acordo com o tema abordado. Um exemplo seria uma loja de comércio eletrônico focada na venda de produtos para lavar roupa.

Ela teria uma categoria principal chamada “lavagem de roupa”, seguida por uma subcategoria preenchida por quatro categorias (lavar, passar, secar e guardar). A categoria lavar, por exemplo, pode conter segmentos chamados “saponáceos”, “amaciantes”, “alvejantes”, “tira manchas” e “branqueadores”.

Monitore cada passo da sua loja virtual

Com o seu e-commerce já estruturado, chegou o momento de partir para a próxima etapa que consiste no monitoramento da loja virtual. Existem algumas ferramentas no mercado que fornecem dados preciosos sobre o comportamento da sua audiência, possibilitando que você tome decisões importantes para aumentar o seu tráfego e alavancar suas vendas.

Esse é o caso do Google Analytics, que fornece diversas informações importantes sobre o desempenho das lojas virtuais, como acessos, visitantes, dados geográficos e de comportamento, dispositivos usados, canais de origem, tempo médio no site, entre muitos outros dados relevantes.

Invista em um plano de marketing

Apostar na criação de um plano de marketing pode ajudar o seu e-commerce a alcançar resultados que você nunca imaginou serem possíveis. Se a sua loja virtual acabou de ser lançada na web, recorrer a uma estratégia de marketing digital é a melhor forma de sair na frente dos seus atuais e futuros concorrentes.

Sua estratégia pode ser focada em diversos fatores, como o ranqueamento nos motores de busca através de um trabalho profundo e constante de SEO (Search Engine Optimization) aliado ao marketing de conteúdo, opções de estratégia que irão posicioná-lo em uma colocação melhor na página de resultados de buscadores como o Google.

Campanhas de disparo de e-mail marketing e monitoramento de redes sociais também garantem que sua loja se torne conhecida e conquiste mais autoridade nos principais canais digitais, sendo opções a serem consideradas em curto, médio e longo prazo.

Há ainda a possibilidade de investir em links patrocinados através do desenvolvimento de campanhas no Google Ads com o objetivo de exibir determinadas páginas ou produtos em destaque no espaço da SERP (região em que são mostrados os resultados da pesquisa) direcionado para anúncios pagos no Google, Yahoo! e Bing.

Quer se tornar um case de sucesso? Continue acompanhando as informações do nosso blog e, para resultados ainda melhores, entre em contato conosco. Aqui na Quatro Digital você encontra diversas soluções especializadas em design e implementação de e-commerce.

Artigos Relacionados